domingo, 6 de maio de 2018

Aqui estive...

Que vos importa a minha tristeza
A minha inexorável solidão
Não passo de um átomo vencido
No abismo da vossa certeza
Não passo d' "a fucked up guy"
No infinito divino da desilusão
Mas no entanto, esperai!
Um dia abraçado à morte
Saberei por quem chorava
E será amante nesta viagem.
Ninguém se lembrará de quem terei sido
Do que amei, do que perdi, da minha sorte
Ninguém me acompanhará, perdido
Ninguém saberá o que tive
Ninguém  imaginará
Que finalmente serei livre
E aqui estive.

Sem comentários: